Pleno do TJ julga promoções e remoções de juízes

O Pleno do Tribunal de Justiça de Mato Grosso aprovou nesta quinta-feira (8 de fevereiro) a promoção e remoção de magistrados. Os julgamentos foram realizados durante sessão administrativa, no Plenário 1, a partir das 8h30. O juiz João Francisco Campos de Almeida foi promovido para a Terceira Vara Criminal de Rondonópolis seguindo o critério de antiguidade. Para a mesma comarca foi promovido o juiz Edson Dias Reis, que será responsável pela Segunda Vara Especializada da Fazenda Pública. Eles participaram do concurso 10/2017/TJ. O juiz Arthur Moreira Pedreira de Albuquerque também foi promovido. Ele concorria pelo concurso 31/2017 e será lotado na Segunda Vara da Comarca de Canarana. Já o juiz Pedro Davi Benetti foi removido para a Primeira Vara da Comarca de Campo Novo do Parecis. Ele participou do concurso 4/2018 e foi movimentado pelo critério de merecimento. Na mesma sessão foram julgados os candidatos aptos a concorrer à remoção para a Vara Única da Comarca de Dom Aquino. Tiveram as inscrições deferidas os juízes Lener Leopoldo da Silva Coelho, Jean Paulo Leão Rufino e Adalto Quintino da Silva. Todos participam do processo de remoção 1/2018 que irá suprir a vaga pelo critério de merecimento. No processo de remoção 3/2018, que irá lotar a Vara Única da Comarca de Guiratinga pelo critério de merecimento, foram deferidas as inscrições dos juízes Aroldo José Zonta Burgarelli e Jorge Hassib Ibrahim. Por último, os juízes Jean Louis Maia Dias e Fabio Petengill tiveram as inscrições deferidas para concorrer à Primeira Vara da Comarca de Juína também pelo critério de merecimento. Eles concorrem juntos no concurso 5/2018.
© 2018 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia